Áreas prioritárias

Com vista a atingir os objectivos do SADC-GMI, foi identificado um conjunto de áreas prioritárias. Além de gerir o SADC-GMI com eficiência e integridade, dar-se-á prioridade ao estabelecimento de um centro de recursos, à formação, a projectos e à advocacia.

O centro de recursos irá assegurar o fácil acesso, pelas partes interessadas, a conhecimentos, informação e dados novos e existentes, por intermédio, principalmente, do portal, de bases de dados regionais acessíveis e de aplicações de telefones inteligentes.

O centro de recursos irá assegurar o fácil acesso, pelas partes interessadas, a conhecimentos, informação e dados novos e existentes, por intermédio, principalmente, do portal, de bases de dados regionais acessíveis e de aplicações de telefones inteligentes.

A formação representa um elemento importante da iniciativa para melhorar a gestão das águas subterrâneas na região. Isto poderá incluir apoio a instituições de ensino superior, apresentação de um curso a tempo parcial ao nível de diploma em matéria da hidrogeologia e promoção de cursos dirigidos de curta duração. Apostamos na formação de boa qualidade como elemento que irá ressonar em toda a comunidade das águas nos Estados-Membros.

Os aquíferos transfronteiriços e a cooperação internacional são de particular interesse para este projecto. Recorrendo a um sistema de subvenções, será desenvolvida uma série de projectos relacionados com a gestão de aquíferos transfronteiriços e a promoção da cooperação internacional.

Através das nossas actividades, visamos promover um melhor aproveitamento e gestão das águas subterrâneas em toda a região da SADC. É imprescindível que os resultados do projecto sejam transmitidos a todos quanto possam ou devem utilizar a informação. Pretendemos informar os reguladores, as entidades responsáveis pelos recursos hídricos e outros sobre o recurso de que dispõem aos seus pés e como pode ser aproveitado da melhor forma.